Descubra quais são os brinquedos que podem alegrar a vida de um gatinho.

Se você adotou ou quer adotar um gatinho, tenha em mente que brinquedos são essenciais para não deixar o seu bichano estressado ou até mesmo entediado. Mas antes da brincadeira, na lista básica de itens de sobrevivência de um gato – sem contar a alimentação e a caixa de areia – o arranhador estará no topo do check-in. Os arranhadores não servem para diversão, mas estão ligados ao bem-estar do pet e do seu tutor. Para o gato, é um ótimo apoio para espreguiçar, além de ajudar a colocar as unhas em ordem. Já para o tutor, é o alívio de saber que não terá prejuízos com sofás e cadeiras destruídos.

Mas vamos ao que interessa… separamos três categorias de brinquedos para você alegrar o seu bichano:

*Categoria “Não era, mas virou um brinquedo”: tampas de garrafas plásticas, cordinhas e cadarços, bolas de meia ou de lã, bolinha de papel, folhas de árvores

(grandes) e bolinhas de sabão. Essas são algumas opções. Nesta categoria, lembre-se de ficar de olhos nos filhotes, que não sabem avaliar os riscos.

*Categoria “Humano, você é o brinquedo”: brincar de pique-esconde, correr com um cadarço arrastando no chão, mexer com o cabelo perto deles (é sucesso se tiver fios longos) e usar tênis com cadarço perto deles. Pode ter certeza que seu gato vai adorar te usar como brinquedo.

*Categoria “Vale investir na felicidade deles”: bolinha com guizo, túnel com brinquedos pendurados, comedouro interativo (aqueles que ele precisa mexer pra liberar ração), playground, varinhas com penas na ponta ou com brinquedinhos que fazem barulho, ursinhos e bichinhos plásticos.

Brincar e trazer alegria para o dia a dia do seu pet é questão de saúde. Gatos entediados ficam estressados e doentes. E lembre-se, não basta dar brinquedos. Brinque com o seu peludinho e torne esse momento prazeroso para os dois. Pode ter certeza que ele vai te recompensar da maneira mais fofa possível.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.