CRIPTOMOEDA PET? CONHEÇA A MOEDA REPRESENTADA POR UM CÃO  

Você conhece a moeda virtual que já rendeu um bom retorno financeiro para alguns investidores e atualmente coleciona prejuízos? A criptomoeda Shiba Inu (SHIB) é uma altcoin (criptomoeda diferente de Bitcoin) e foi lançada em agosto de 2020 por alguém ou um grupo de pessoas com o pseudônimo de “Ryoshi”. Mas o sucesso veio no final de 2021.   

Na segunda-feira (07), ela subiu mais de 20% em meio à recuperação do mercado de criptomoedas. Mas ainda não superou a sua queda recorrente. Ela já conquistou um patamar altíssimo e chegou a ficar entre as mais lucrativas do mercado. Isso quando atingiu recorde de preço e multiplicou o investimento de quem levou a ‘piada’ a sério. Atualmente, segundo dados do blockchain, mais de 50% dos investidores da época de “vacas gordas” estão no prejuízo com o investimento no ativo digital.  

Informações da rede Ethereum, onde a criptomoeda-meme circula, foram coletadas e compiladas pelo IntoTheBlock. Elas mostraram que 51% das carteiras que guardam alguma quantidade de Shiba Inu compraram o ativo digital quando ele custava mais caro do que o seu preço atual, ou seja, estão no prejuízo. Outros 6% estão no “zero a zero”, sem lucro nem prejuízo. Isso significa que 57% dos endereços que contêm SHIB não tiveram nenhum lucro com os seus investimentos. A mudança na proporção de lucratividade da criptomoeda foi bastante rápida, já que no final de outubro do ano passado ela atingiu o seu maior preço de todos os tempos: US$ 0,000079.  

Até o fechamento desta notícia ela, a moeda cotava em US$ 0,000030.  

Mesmo depois de sua recuperação, as moedas de Shiba Inu custam uma fração de centavo cada. No auge, em 31 de outubro, você poderia comprar incríveis 1,5 milhão de tokens SHIB com apenas US$ 100.  

SHIB MEME  

A SHIB apresenta o cão de caça japonês Shiba Inu como o seu mascote. Uma das tendências mais fortes no mundo das criptomoedas é a criptomoeda-meme ou as moedas construídas a partir de memes, ideias da Internet que atraem um pequeno grupo de investidores. Em comum, todas elas se valem de personagens fofos, como cachorros e gatinhos, para atrair investidores e divulgadores. E essa estratégia, pelo menos para algumas delas, às vezes dá certo, como é o caso da Shiba Inu.  

Especialistas explicam  

Shiba Inu não é dinheiro real ou mesmo uma criptomoeda “real” como Bitcoin ou Ethereum. Em vez disso, é um ativo construído a partir de um meme, uma piada baseada em outra piada. O sucesso, como tantos outros altcoins, é baseado no tamanho e no crescimento de sua comunidade, não em sua utilidade.  

De acordo com o relatório de 28 páginas da moeda, Shiba Inu é um experimento de “construção de comunidade espontânea descentralizada”. Foi projetado para responder a uma única pergunta: “O que aconteceria se um projeto de criptomoeda fosse 100% administrado por sua comunidade?”. 

Riscos de investimento  

Todas elas apresentam riscos elevados. A criptomoeda é um investimento de especulação e não tem uma regulamentação. Como qualquer outra, os riscos são altos.   

Fonte: InfoMoney/ Money Times/ Exame  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.